Saiba quais comunidades tradicionais da Reserva Ecológica Estadual da Juatinga decidiram reabrir à visitação.

  Foto : Acervo INEA


Nos territórios dessas comunidades, fica autorizada a prática de atividades de lazer e desportivas que não impliquem a permanência nos atrativos e pontos turísticos, a fim de evitar  aglomerações. Com esse objetivo haverá controle do número de visitantes na trilha de acesso ao Pico do Pão de Açúcar (Mamanguá), sendo permitido o ingresso de grupos com no máximo 10 pessoas e limitando-se a 20 pessoas o número de visitantes que poderão acessar simultaneamente o cume do atrativo.

As demais comunidades tradicionais da REEJ permanecem fechadas à visitação e ao turismo. Nesses locais, o acesso às trilhas será permitido somente aos moradores. A ação tem como objetivo reduzir o risco de propagação do novo coronavírus entre os membros das comunidades tradicionais, visitantes e equipe da REEJ.

 

Estamos trabalhando para o retorno gradual da visitação nas unidades de conservação estaduais. 

 

Contamos com seu apoio! Seja consciente, use máscara e evite aglomerações. 

 

Resolução INEA nº 201 de 24 de agosto de 2020 - altera a Resolução INEA nº 200/2020, mais especificamente o quadro contido no seu art. 3º, inciso IV, § 2º, adotando-se a seguinte redação: “Todas as trilhas, praias e cachoeiras localizadas em território ocupado por comunidades tradicionais, exceto naquelas que declararem formalmente a opção pela reabertura à visitação e ao turismo”. (D.O.E.R.J. - 24.08.2020, p.16)

Resolução INEA n. 200 de 17 de agosto de 2020 – Estabelece critérios  para  reabertura gradativa das unidades de conservação estaduais para a prática de atividades desportivas e visitação de pontos turísticos. (D.O.E.R.J. – 19.08.2020, p.13)  

 

INEA - Instituto Estadual do Ambiente
Av. Venezuela 110, Saúde - Rio de Janeiro - Rj.
CEP 20081-312 | www.inea.rj.gov.br
   
Instituto Estadual do Ambiente - Imprint - © Copyright 2008-2017